12 novembro 2008

Um final só para mim

Um final só para mim


Passos largos, nesses passos
Onde trouxe mais a mim
Seus lábios, de cor de carmim

Seja a rosa, mesma rosa
Cante em verso, rima e prosa
Pro amor não se afastar assim

Que dia é hoje eu já nem sei
Mas o céu não ficou assim
Escuro pedaço de mim

Não quero ver o sol assim
Iluminando estradas sem jardim
Não quero ver você assim

Sem ter você em meu encalço
Peço, rogo em vão por ti
Mais um quando, a memória irá trazer para mim ?

Por onde sei que já passou,
Os passos marcados não vão deixar
De percorrer caminhos, no passado

E hão de voltar a ela, tão bela
Por isso rogo ao Deus dessa novela
Para criar um final só pra mim.


Magno Pinheiro

5 comentários:

sandra disse...

...hum...também quero crusar nesse final...
abraço!

Yuri disse...

Esse poema ficou show! parabens man, você está realmente evoluindo. Como te disse, um trecho já até virou meu sub de orkut. Abraço!

fafa disse...

Lindo como sempre!
=D

Juliane disse...

Que fofo!!!*.*
Sei que "fofo" é uma palavra bem boba e nem chega a altura do seu poema, mas sabe como é mullher né... qdo vê algo romantico pensa logo em "Que fofo"!!! Amei!!! Lindooo!!!

PS:Que Deus crie um final bem feliz pra você!!!

Beijoos!!!

Nathi disse...

Lindo poema ! Amei !
Deus vai te dar um final feliz ! COM CERTEZA !
bjoo