20 novembro 2007

Sol de Meio Dia

Sol de Meio Dia



Algum lugar me leva ao nada,
sem que eu possa saber
me desvio de meu próprio caminho
vejo que não tenho mais nada a perder

Sinto o chão em que piso,
porém não consigo correr
vejo marcas de um passado
cicatrizes que não querem se esconder

Perdido entre montanhas e planícies,
ja nem sei mais quem sou
olho além de meus horizontes,
e relembro o que passou

São histórias e tentativas
de criar algo que um dia teve vida
em um peito onde ardia o fogo
só restam cinzas frias e esquecidas

Mas imploro a minha volta,
não que seja tardia
em uma chance tão remota
espero retornar ao sol do meio dia

Orgulhoso e banhado pela tua luz
sem mais mistérios velados pela solidão
hoje te apresento o meu olhar
isento dos caminhos, isento da decepção

Clareando a escuridão
agora vejo muitas glórias
agarrado ao teu segredo
vejo queimar as últimas horas

Do meu passado que se foi
de escolhas que não pude negar
de histórias que contadas uma vez
uma vez mais, abandonariam o lar...




Magno Pinheiro e Douglas Marques

6 comentários:

Renato Prado disse...

Meus caros, gostaria de parabenizá-los por tamanho talento para o poema e Magno você que escreve tantos bons poemas continue assim, pois poucos tem tamanho talento para escrita como você. Grande abraço e bela obra amigos.

Chris disse...

Bastante interessante o estilo de escrita dos dois!Parceria de sucesso hein?!=)

Dinhão disse...

O MELHOR SEM< MAIS!

Juliane disse...

Ficou lindo o poema!
Parabéns pra vcs meninos!
Vê se façam isso + mais vezes, gostei do resultado! Beijos!

Laverna disse...

Bom .. parabén mag por esse trabalho
Adorei a segunda poesia que como se fosse um pensamento de uma coisa boa que ele fez no passado e que faz a gente pensar que ele não se arrependeu, mais na verdade ele faz com que a gente sinta que ele se orgulhou de tudo que viveu e que queira recomeçar, fazendo diferente mais do mesmo geito.. amei ( se isso não foi o que vc quiz dizer no poema eu digo: " gosto é que nem perna, tem gente que tem.. tem gente que não tem xD )
Tchau Amigão, Sucesso, Essas poesias não me supreenderam pq eu esperava isso mesmo de vc =)

Douglas Marques disse...

Bem o unico comentário que tenho é que devemos com certeza, unir as nossas palavras e frases mais vezes...