17 novembro 2007

Procuro-te

Procuro-te



Procuro-te...
procuro-te em meus braços
procuto-te em teus beijos
procuro-te em tuas formas
em meus anseios, em meu peito

Procuro-te...
procuro-te em minhas estradas
procuro-te em minhas saídas
procuro-te na eternidade
em cada verso, prosa e rima

Procuro-te...
procuro-te em desenhos
procuro-te em fotos
procuro-te em quadros
e em cada rabisco que compoem a vida

Procuro-te...
desesperadamente em cada rua
desesperadamente em cada esquina
desesperadamente em cada bloco

Procuro-te...

Desesperadamente em cada verso
em cada prosa
em cada rima


Magno Pinheiro

3 comentários:

Rodrigo Reis disse...

Saudoso... seria um momento nostalgico de sua vida?

Chris disse...

"No final das contas, você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você..!" lembrei disso qd li! =P Mas, só foi lembrança rs Gostei mto!Sutilmente intenso!;) Bjo!

Juliane disse...

Ih já fiz o comentário via msn né... então mando um beijão pra vc, tava com saudades!