18 junho 2008

Pescador de Ilusões

Pescador de Ilusões


Um pescador de ilusões
que caça estrelas cadentes no infinito pano
que ostentas e que viceja no trafegar
dos teus limites

Meus olhos
prontos a te procurar, brilho
de intenso valor, toque
de intenso ardor, que não lhe deixa
apontar escolhas, apenas desejos
de insano valor.

E que, somente quando te procuro,
me chamas...
Pescador de ilusões.


Magno Pinheiro

Um comentário:

Chris disse...

Achei que falava somente do pescador e qd cheguei no fim da leitura, fiquei surpresa!Mto bom!Bjos!