23 maio 2005

Clima melancólico...

Dia sem sol...

Mais uma tarde nublada,
com um melancólico tom em sua face
lágrimas fluem de ti
em reverência ao responsável,
pelo tamanho ato de gratidão
que foi guardado com carinho
fronte ao desespero e a solidão.

Bailam no ar gotas de amargura
afoitas, sedentas pelo abraço ao solo...
solo onde encontram o afago,
o consolo,
o caminho para a redenção.

...

Redenção essa que não deveria existir,
apenas no solo em que piso
e sim no fruto da lógica,
da doce sabedoria do desapego...

...

mas...

A hora chegou,
encontrem o descanso final
marquem o solo com o fardo que carregam
"será um prazer dissipar,
o câncer que mancha tua linda imagem"

Magno Pinheiro

8 comentários:

MalkDcO disse...

Primeiraum........hauihaha

Kra hj ta foda, to meio Depre, e esse poema teu ta lindo kra...meio triste verdade, mas lindo!!

Joanna disse...

Nossa este foi profundo!

vc parece, nos seus poemas ser tão preso dentro de vc, demosntrar uma coisa que vc ñ passa normalmente, que é a tristeza.

sorria mais!

beijos!

ZARDO disse...

KRALHO VEIO..ESSE FICOU MUITO BOM, MUITO MESMO..FOI O Q EU MAIS CURTI...SEUS PO EMAS SAO MUITO BONS VEIO VC N TEM NO ÇÃO

ABRAÇOS

Juliane disse...

Fiquei angustiada lendo esse poema, mas não foi uma angustia ruim não, era pra saber logo o que viria no final, esse poema que vc fez foi tão forte! Muito Lindo!!! Amei!!!
beijinhos...
ju

Fabiola disse...

Fla ae magno...
pow poema xow...noxa mt bom!!!
podis krer ar melancólico mexmu...tempu nubladu soh faz agenti fikar paw baixu...
amei seu poema!!!
bjux paw ti
*ateh...

Daniela disse...

Magno!

Na minha opinião essa é a melhor poesia que vc já escreveu.
Vc tem talento!
Parabéns, beijo, Danie.

evandro disse...

Fala Magno po o poema ficou muito foda, vc sabe escrever é dificil encontrar alguem q escreva bem!!

vlw kra te admiro pacas!

Boing disse...

Foda! É tudo o que posso dizer... Cara! Tú manda muito escrevendo!