04 março 2006

Deixe-me

Deixe-me...


Deixe-me sussurar em seu ouvido
a melodia que nos encanta,
a chama que nos incendeia,
a paixão que nos sufoca

Deixe-me ser a brisa que te toca
que acaricia a sua pele,
que balança suas pétalas,
que completa o teu ser

Deixe-me ser a água que te banha
que refresca a tua pele,
que mata a sua sede,
que completa o teu ser

Deixe-me ser o céu
para que eu possa lhe erguer,
seja a rainha que me encanta,
assim quero você

Deixe-me ser a luz do luar
que iluminará o teu ser,
que iluminará o seu corpo,
assim quero você.



Magno Pinheiro

4 comentários:

Juliane disse...

Que lindooooo!!!
Larissa deve ficar toda boba com esses poemas que vc faz pra ela né?!
Beijão e felicidades pra vcs!

Dinhão disse...

sem o q dizer!sem palavras!
style!!!

thaiana disse...

o que eu posso dizer mais e mais uma é que vc ta de parabens pois seus poemas são lindos alguns simples e tem os outros mas complexos mas com um toque que dar um estilo que é só seu que vc faz mas que tocam as pessoas !!!!!!Bjus

Tia Ju disse...

Nossa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Esse foi d+++++ msm!!!!!!!!
Adorei!!!!! Lindaço!!!!!!!
Bem q o Brad Pitt podia m dizer isso neh!!!!!!! xD

Bjs